fábula #02

agosto 11, 2011 § Deixe um comentário

A raposa e o rato 
(o mesmo da fábula anterior)

m.n.f. / 2011

Era uma vez um rato, e só era uma vez porque um dia ele deu de frente com uma raposa. O rato era cinzento e, correndo sem agasalho pela branca neve, virou uma presa fácil.

— Estou com frio e preciso de um uma refeição quente. — disse a raposa.
— Já eu, estou com frio e preciso de um agasalho. — respondeu o rato.
— Em algumas culturas, raposas viram agasalhos. — disse a raposa, abocanhando o rato.

Os dois foram felizes para sempre. O rato quentinho na barriga da raposa, e esta de barriga cheia.

Moral da história: Nos dias de frio, faça uma refeição quente e agasalhe-se bem.

***

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento fábula #02 no Querido Bunker,.

Meta

%d blogueiros gostam disto: