Provisória _Da arte de escolher berinjela

julho 10, 2008 § 8 Comentários

Ontem fui ao supermercado comprar mantimentos para o bunker. Como venho tentando reverter os danos no cigarro, as escolhas foram meio estranhas.

← Eis a lista.

A moça do caixa tinha um crachá, onde era lido:

♣ PROVISÓRIA ♣

Provisória me ensinou algumas coisas sobre a vida quando perguntei o seguinte:

— Que tipo de alface é esse?
— Não é alface, é escarola.
— Ah…
— É a mesma coisa, só que mais amargo.
— Tranqüilo, então… É do mesmo jeito que prepara?…
— É só lavar… E essas outras coisas?
— O que tem?
— Você escolheu essa berinjela direito?
— Eu peguei a mais brilhosa…
— Né assim não. Tá vendo aqui? Se tiver uns buraquinhos, assim, pode ter minhoca dentro.
— Ixe…

Parece que virou moda tentar viver muito tempo. No trabalho, algumas pessoas querem parar de fumar.

· AMIGO 1 – Decidiu parar e comprou uma caixa com 20 maços de Carlton. Não entendi, é como o “Pare de fumar fumando”.
· AMIGO 2 – Fuma demais há alguns anos e todo dia diz que está fumando demais.
· AMIGO 3 – Pára todos os dias, e chama os outros de fracos porque não conseguem parar.

Abraço fraterno,
Márcio N.

Anúncios

§ 8 Respostas para Provisória _Da arte de escolher berinjela

  • Vivis disse:

    rsrsrs!
    Essa varandinha ai do trabalho também não ajuda muito vocês nessa saga de parar de fumar.

    Curtir

  • Rodrigo disse:

    AMIGO 3 – Pára todos os dias e chama os outros de fracos porque não conseguem parar.

    – de acordo com as novas regras da língua portuguesa, a conjugação do verbo parar, na terceira pessoa do singular, perde o acento agudo, portanto, o correto seria “Para todos […]”

    abraços fraternos,
    rodrigo.

    Curtir

  • mnazian disse:

    rapaz, é como você mesmo disse: depois que o caba aprende a escrever português que preste, o povo vem e muda.

    Curtir

  • gabriel disse:

    Rapaz.. essa regra do português ai só entra em vigencia no primeiro dia do ano subseqüente. Então pára de corrigir o povo ai.

    Gabriel

    Curtir

  • fochesatto disse:

    parar pq?
    (obs: pq em final de frase – no começo também, mas só quando estiver se referindo a um pq no final de frase – agora pode ser abreviado, de acordo com as lingüísticas mudanças climáticas. só não entendo pq obs não significa obstáculo ao invés de obs.)

    Curtir

  • macacco disse:

    durante muito tempo eu pensava que era opssssss.

    Curtir

  • Tatiana disse:

    Complementando o que Provisória lhe ensinou: a berinjela também não pode ser pesada. Deve ser bem levinha; e você deve fazer o teste do tapinha: se sair um som “oco”, é porque ela está boa. Sem interpretações dúbias. :D

    Curtir

  • mnazian disse:

    muito bom, tatiana, vou analisar dessa forma tb agora :)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Provisória _Da arte de escolher berinjela no Querido Bunker,.

Meta

%d blogueiros gostam disto: